Na luta pela sobrevivência da perna

Ando dói.

Movo-me, dói.

Viro-me, dói.

Cruzar as pernas nem pensar.

Subir escada idem.

O dia está começando.

A jornada é longa.

Desejo: Dorflex URGENTE.

Na cabeça a idéia.

Por que exagerei na dança?

No tamanho do salto?

No tempo permanecido em pé?

Vai saber.

Foi bom, admito.

Mas no dia seguinte, a dor.

Deus salve minhas pernas.

Ajude-me a ajudá-la a se mexer.

Mas que foi bom foi.

Andréia Homem

13/10/2008 09:08

Anúncios

2 pensamentos sobre “Na luta pela sobrevivência da perna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s