Em um ano… mudou? mudei? Humm

É incrível como em um ano muita coisa muda da água para o vinho e outras continuam na mesma. Lembro que eu tinha acabado de voltar para Curitiba com um coração partido, uma monografia atrasada precisando de muita dedicação para sair e um misto de desejos incontroláveis que conseguiram me enlouquecer.

Sério mesmo, surtei os neurônios, não consegui dar conta de nada, entrei em um processo de depressão devido as frustrações que eu mesma criei, cujas sem a menor necessidade.

Tive que parar e recomeçar. Voltei a morar no Rio, resolvi levar a monografia como ela deveria ser levada e claro fui arranjar o patrocínio para ela, um emprego. Bom, o plano inicial era bom e eu até fui procurar uma psicóloga, porém não passei da primeira consulta. O tempo, a vida e as obrigações mais uma vez me fizeram estafar.

Fiquei infeliz no trabalho, na monografia, com a família e nem preciso mencionar a parte amorosa que estava em profunda solidão. Cheguei a pensar que jamais conseguiria ser feliz novamente. Aliás isso é bem normal, toda vez que estamos no fundo do poço sempre procuramos cavar para ir mais fundo.

Sim, fui traída, sim, fui humilhada, sim, não consegui dar conta das coisas que sabia que dava, sim, desacreditei em mim e no meu potencial como pessoa e mulher. Definitivamente eu fui bem fundo!

Então resolvi entrar em uma academia, trocar o emprego e mais tarde trancar a monografia. Nem preciso dizer que foi revolucionário para ampliar a minha mente em busca de novos caminhos.

Passei a acreditar um pouco mais em mim. Ainda estou tentando. Me esforço todo dia, mas é bem difícil. Estou a 8 meses trabalhando, a 7 namorando e a 6 sem tocar na minha monografia.

Posso arriscar dizer que estou feliz e buscando alcançar os meus objetivos. Muitas vezes tenho sérias recaídas, mas isso fica por conta da falta de dedicação as terapias mentais e espirituais. Ainda sonho em voltar a morar no local que mais sinto saudade no mundo, porém vou me estruturar para isso primeiro.

Enfim, em um ano minha monografia está no mesmo estágio, avançou duas páginas no máximo, mas em compensação ganhei um amor e um trabalho que tenho curtido. Em ambos quero evoluir BASTANTE, e no projeto experimental III (vulgo maldita monografia) eu ainda tenho esperança de lograr êxito. Sabe como é, to tentando parar de ser ansiosa comigo mesmo.

Anúncios

Um pensamento sobre “Em um ano… mudou? mudei? Humm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s