O Feitiço do Amor

_ Está decidido Alice, farei o que for preciso para tê-lo comigo!

_ O que é fazer o que for preciso Marcia? Não acredito que medidas extremas sejam boas nesse caso, afinal, quem ama deixa a pessoa amada livre para decidir com quem ela quer ficar. O amor verdadeiro, puro e inocente em sua essência, não permite o egoísmo, o orgulho, os julgamentos e nem as censuras. E é nítida a sua obsessão, o seu ciúmes. Vamos combinar que ele nem mesmo optou por você, namora com ela a bastante tempo e a escolheu.

_ Se a ama por que correspondeu as minhas investidas? Eu dei em cima dele, mas ele ficou comigo porque quis. Aquela idiota que deve ter feito algo para ele desistir de deixá-la, logo agora que eu estava perto de consegui-lo!

_ Marcia eu acho que você precisa se tratar, você tem a autoestima muito baixa, é muito insegura. Ficar com ele nunca vai sanar essa sua carência e insatisfação pessoal. Até porque, como você vai saber que ele não vai traí-la, assim como traiu a namorada para ficar com você?

_ Se ele me trair eu o mato e nem preciso sujar as minhas mãos de sangue. Com o conhecimento que tenho e as pessoas que conheço, eu acabo com a vida dele e com a dela também!!!

_ Marcia, quem ama confia e entende que a felicidade do outro é mais importante do que obriga-lo a ficar conosco. O amor bom é quando estando juntos ou separados ele nunca deixa de ser amigo, ser fiel e compreensivo. Tenho certeza que esse seu amor não tem nada de bom, pelo contrário, é doentio.

_ Não interessa, eu tenho armas que ela não tem. Tenho dinheiro suficiente para mimá-lo e mostrar um mundo que ela não pode, tenho conhecimento espiritual para prendê-lo a mim e de resto resolvo na cama. Já soube que ela está passando por vários problemas, é louca por ele, ou seja, está instável emocionalmente, o que vai facilitar as influências ruins, que já estão ao seu redor, miná-la. Inclusive, aposto que eles já devem estar brigando agora!!!

_ Alguma vez você teve a experiência de comprar um animal e fazer de tudo para ele gostar de você, mas mesmo assim ele era agressivo e não correspondia a sua dedicação? Assim acontece em uma relação. Não podemos comprar ou forçar o outro a sentir algo que não seja natural dele. Fazer trabalhos espirituais, simpatias, promessas, implorar a Deus, ou mesmo engravidar, não fará com que a pessoa te ame mais, essas são apenas ferramentas que o OBRIGAM a estar com você.

_ Não importa, não aguento mais ficar sozinha, como você pode perceber eu não estou ficando mais nova com o passar do tempo e muito menos mais bonita. Preciso casar e sair de casa, ninguém mais me aguenta lá. Fiz uma boa escolha, ele é bonito, gente boa, e, principalmente, uma presa fácil. Por ser mais novo, se deixa levar, e não ter controle quando bebe, abre todas as portas que preciso!

_ É, definitivamente você não o ama. Quem ama de verdade não quer mentira e nem uma vida de aparências, quer a companhia sincera e verdadeiramente apaixonada, cúmplice.

_ Ué, mas o que é o amor? Sofrer a ausência do outro? Aceitar que ele fique com outra, só porque ele é mais feliz com ela? E eu? Como eu fico nessa história? Não, eu não sei amar assim. Amo o que é meu e ele vai ser MEU!

_ Estou ficando seriamente assustada com você, quem ama respeita o livre arbítrio do outro e as suas escolhas. Tudo que é fabricado tem prazo de validade, só o que é natural permanece o tempo real que tem que permanecer. E, minha amiga, estou pressentindo uma vida de grande infelicidade tanto para você, quanto para esse coitado. Só não esqueça que tudo o que fazemos nessa vida volta para a gente, cedo ou tarde.

_ Fique tranquila Alice, em seis meses ele será meu, custe o que custar! Só me resta esperar o momento certo, porque eles mesmo vão destruir esse amor de “verdade” que sentem um pelo outro. A discórdia já foi implantada na cabeça deles e não há “amor verdadeiro”, desses que você fala, que resista ao desgaste das brigas e o medo de um perder o outro. Estou usando os sentimentos deles contra eles mesmos, os meus amigos já estão cuidando disso!

Anúncios

Um pensamento sobre “O Feitiço do Amor

  1. Olha, a Márcia deveria usar toda inteligencia dela e obstinação para ficar na dela. Ir estudar mais, buscar a ajuda de um psicólogo; se dar valor. Deixar que os dois vivam em paz. E se realmente ele ama ela, vai voltar na hora certa. Cabe a ela se preparar para ama-lo mais ainda! Isso inclui muita compreenssão e perdão!
    Ou virar a página. Buscar outra pessoa em sua vida!

    Gostei muito !

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s