O Fábio e ela…

dia-da-mulher-músicaO que é que há? O que é que tá se passando com essa cabeça? Porra Fábio, se eu te falasse tudo o que está passando na minha cabeça, você escreveria um CD inteiro e ainda assim não iria entender. O que é que há? O que é que ta me faltando prá que eu te conheça melhor? Talvez eu saber quem eu, realmente, sou. Que tal? Como conhecer melhor alguém que não se conhece? Prá que eu te receba sem choque, prá que eu te perceba no toque das mãos, o teu coração… Não consigo controlar essa eletricidade do meu corpo, quando te vejo sai faíscas! Você não precisa tocar o meu coração, você já toca o meu pensamento. O que é que há? Porque é que há tanto tempo você não procura meu ombro? Porque será? Vou ser sincera, estava obcecada com o novo DVD do Roupa Nova, não fique chateado, você sabe que sempre volto para você. Porque será? Que esse fogo, não queima o que tem prá queimar? Que a gente não ama o que tem prá se amar, que o sol tá se pondo, e a gente não larga essa angústia do olhar
Há! Haaaá!
Porque nós temos medo, lembra? Temos medo de ser espontâneos, temos medo de com isso nos magoar. Nós dois temos esse mesmo medo, esses mesmos traumas! Terapia na gente. Telefona! Não deixa que eu fuja, me ocupa os espaços vazios, me arranca dessa ansiedade, me acolhe, me acalma, em teus braços macios, macios!… Eu vou telefonar, não quero que você fuja, mas tenho receio de te sufocar. O que é que há?O que é que ta se passando com a minha cabeça?Não, eu não sei, não!O que é que há?… Se você não sabe, como eu vou saber?! Já tenho problemas demais tentando descobrir o que se passa com a MINHA cabeça. Telefona! Não deixa que eu fuja, me ocupa os espaços vazios. Me arranca dessa ansiedade, me acolhe, me acalma, em teus braços macios, macios!…O que é que há? O que é que há? O que é que há? De errado nisso?! É que se eu telefonar, você vem, me seduz com essas palavras, enrosca no meu pescoço, dá um beijo no meu queixo e me faz gemer,  depois diz com a cara mais lavada do mundo Eu não abro mão… Nem por você, nem por ninguém, eu me desfaço dos meus planos. Eu sei que você não é o meu príncipe encantado no cavalo branco, nem um camaro amarelo você tem!  Não espero nada da gente. Sei que é só mais uma experiência (prazerosa por sinal) e por isso mesmo, não se admire se um dia um beija-flôr invadir, a porta da tua casa, te der um beijo e partir… Fui eu que mandei o beijo, que é prá matar meu desejo. Afinal, você é para mim, o que tem que ser: o beijo quente, a transa maravilhosa, a conversa amiga, a gargalhada gostosa… E eu não posso reclamar de nada… tá bom do jeito que está! Ninguém entende isso… Mas também, como entender essas mulheres que conversam com a música?”

Anúncios

Um intruso no ninho…

Imagem– Está decidido, eu vou devolvê-lo!

– Calma amiga, você tem certeza? As vezes a convivência do casal com um cachorro pode ser muito difícil. Ainda mais no início…

– Clara, a situação está in-sus-ten-tá-vel, a casa está de cabeça para baixo, ele só sabe roncar, babar, comer, brincar e bagunçar!  Eu tinha que ter escutado a minha mãe e não ter aceitado a proposta do Zé. Mas eu estava tão empolgada com a cestinha linda, tinha até um lacinho, que ignorei que a nossa rotina mudaria drasticamente.

– E não há nada que vocês possam fazer? Já vi na televisão vários profissionais, que fazem verdadeiros milagres nesses casos.

– Piada né Clara, não ganho nem R$ 5,00 na raspadinha, você realmente acha que eu serei sorteada para participar de um programa desses?

– Nossa, você está decidida mesmo. E já sabe como vai fazer?

– Já sim, vou leva-lo para o lugar da onde eu nunca deveria tê-lo tirado. Sabe, não é que eu não o ame, o ache lindo e tão gostoso que dá vontade de esmagar! São as atitudes dele que me fazem gritar e me descabelar, isso da hora que entro em casa, à hora que saio.

Eu e o “bebê” não conseguimos mais ficar juntos, muito menos DORMIR juntos. Ele invadiu a nossa privacidade, literalmente! Sem contar que ele manchou o meu sofá novinho. Aquele que eu trabalhei DOIS ANOS para pagar em 24 parcelas!!!

Imagem– Eita, a coisa está feia mesmo, ein?! Falando assim eu tenho até que te dar a razão. E quando vai fazer isso?

– HOJE! Assim que eu chegar levo o Zé de volta para a casa da minha sogra. Enfim eu e o Napoleão (um cachorro da raça Pug, de três anos e cinco meses, fiel companheiro) poderemos viver felizes novamente no sossego e limpeza da nossa casa. Chega de homem preguiçoso, e que não larga o PS3, atrapalhando a nossa vida, perfeita, a dois!