ELA sem ELE

Dicas-para-manter-relacionamentos-à-distânciaEscrever. Para: carlosmartins_79@gmail.com. Assunto: Oi

Oi Cacá, tudo bem?

Meu irmão falou que você andou insistindo por notícias minhas. Eu queria dizer que está tudo bem comigo. Que sou plenamente feliz e que já encontrei um novo amor. Mas como não sou de mentir, ignore toda essa baboseira. 

Para ser sincera, a minha vida está uma merda bem ajeitadinha e minha conta bancária acompanha o clima Catarinense, sempre com um sinal de menos na frente.

Os amores, bom, sempre soube que não se cura um amor com outro amor. E com certeza Fred – lembra aquele meu ex do sul?! – cuidou para que essa máxima fosse bem verdadeira. Seu egoísmo destruiu qualquer chance de resgatarmos uma vida a dois. Foi melhor assim.

Porém preciso confessar que mudar de Estado mudou e muito o meu humor. Hoje sou feliz contemplando um sol, uma flor, uma criança andando de bicicleta pelas ruas do condomínio. Me sinto livre e capaz.

A parte ajeitadinha de toda essa loucura tem me dado força para continuar, para insistir nesta nova carreira, neste novo lugar. Posso te garantir que não sinto a menor vontade de voltar para o caótico Rio, embora sinta a sua falta.

Você ainda é o amor que meu coração escolheu para se devotar. Isso me frustra, ao mesmo tempo me faz acreditar que não perdi a consciência, que ainda me apaixono por quem é de verdade. É bom saber que a carência não tomou conta do meu discernimento.

Consegui ficar bem com esse amor que sinto por você. Consegui aceitar a distância que nossas escolhas pessoais impuseram à nossa relação.

Me sinto em paz. Não choro mais por você, só por mim. Não sofro pelo que não realizamos. Pela sua vida paralela à minha. Hoje consigo enxergar no nosso amor o bem que ele nos fez e me inspiro nele para seguir em frente, sem olhar para trás, sem me arrepender.

Obrigada por tudo Cacá, inclusive por respeitar minha decisão de te esquecer. Saiba que ao me deitar e fechar os olhos, meu primeiro desejo é que Deus continue a iluminar o seu caminho. Você faz parte do que sou hoje e mesmo tentando não pensar, seu rosto sempre vem como uma doce lembrança, como o beijo quente e o abraço apertado que só sua alma sabia me dar.

Com amor e saudades, sua eterna gatinha, Nina.

Nova Mensagem. carlosmartins_79@gmail.com, eu (2) Re: MINHA Gatinha, que saudade de você(…)

Anúncios

Um pensamento sobre “ELA sem ELE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s