Além

IMG_0019O que há por trás daquele olhar molhado que se esconde atrás de uma armação vermelha tão viva e alegre?
O que há por trás daquele sorriso, que ao se erguer nas laterais do rosto concorda, conformada?
O que há por trás do corpo carregado de experiências e conhecimentos que você usou e descartou?
O que acontece embaixo daqueles fios de cabelo tingidos tão cheios de pensamentos, dúvidas, culpas?
O que sobra dela quando você retira toda a sua energia e posteriormente recolhe a mão falsamente ofertada?
E o cansaço da alma dela, quem lhe emprestará um colo para repousar?
Ninguém, ela aceita ao se olhar no espelho.
Porque de tão especial ela se torna só mais uma.
É transparente, então não se faz notável.
É boazinha demais. É amiga demais. É parceira demais.
É inacessível a todos.
É demais para uns, e não suficiente para outros.
Seus olhos não são pintados de preto e dourado, adornando sua beleza.
Prefere um lápis marrom e discreto.
Prefere um rímel normal à um cílio postiço.
Prefere o calor do cobertor, e a fumaça da caneca de chá, enquanto lê romances que jamais viverá.
Prefere o auto-conhecimento à ostentação de um carro novo, de um namorado gato ou de uma bolsa da moda.
Talvez seja apenas seu destino: enfrentar a vida completamente só.
Talvez ela precise reparar erros que desconhece ou que não sabe, mas nunca os cometeu.
Quem quer fazer companhia a alguém como ela?
Tão misteriosa nos desejos e atitudes.
Impulsiva e controlada.
Guerreando com as crenças e vontades.
Sua solidão é a sua melhor amiga.
Suas lágrimas a expressão das diversas dores intensamente vividas.
O que há por trás daquela mulher sensual e criança carente, imatura?
Aquela menina vítima dos seus medos e inseguranças.
Aquela moça que não consegue se fazer assim, tão importante.
Quem vai socorrê-la quando o universo desabar e suas angústias se tornarem fortes demais para aguentar?
Quem vai dar carinho a sua pele, quando relaxada se permitir dormir e sonhar?
Quem, algum dia, irá verdadeiramente amar o todo que a faz ser tão ela, tão única?
Amar sua necessidade de encontrar em um abraço a liberdade para voar?
Quem terá essa coragem?
Seu pessimismo diria, ninguém…
Seu otimismo, cansado, suspiraria compreendendo que está lá, muito mais além.

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Além

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s