Ah, vá!

hqdefault

**Texto sobre o estupro coletivo, transmitido ao vivo pelo facebook.**

Que geração de bosta essa que tem certeza da impunidade.

Que pode fazer o que quer, quando quer, com a plena certeza de que não há consequências!

Sabe por que eu não pretendo ser mãe?

Porque eu não me sinto apta para educar, criar e dar a devida atenção que uma criança merece. Não tenho paciência, nem equilíbrio emocional para essa missão.

Caráter vem com o espírito, mas o meio pode salvar ou enterrar de vez um ser humano.

Somos os exemplos.

Não é a escola, não é a professora, não é a babá, o professor de artes marciais, nem a mãe do coleguinha.

É quem coloca no mundo que carrega tal responsabilidade.

São os pais os que mais vão influenciar o comportamento dos filhos.

Agora te pergunto, para que colocar filhos no mundo se você não consegue fazer o básico?

Não consegue nem cuidar da alimentação da criatura, entope ela de processados, industrializados, corantes, sódio, açúcar, afinal é mais rápido e prático.

“Ah, mas é o ciclo da vida, a nossa natureza”.

Casa com qualquer um, só para ter um filho.

Acha que ter um filho vai preencher a carência, salvar relações.

Tem uma vida infeliz e projeta tudo em quem está ao redor.

Acredita em uma ilusão e depois se desespera com a realidade.

Mães de facebook são ótimas, lindas, comprometidas e batalhadoras. Os papais também. Mas na vida real não conseguem largar a merda do celular para se entregar por completo a um momento com o filho.

“Ah, mas trabalho tanto, deixa o tablet na mão dele (assistindo o que quiser), enquanto vejo minhas séries do Netflix. Preciso relaxar”.

No final do dia temos esse monte de monstros espalhados mundo a fora. Ser mãe porque é um ritual de passagem é egoísmo, ignorância e crueldade.

Acorda povo. Teu filho(a) pode ser o próximo estuprador, assassino, agressor, ladrão, traficante, viciado, psicopata, suicida.

“Mas eu fiz tudo por ele, dei tudo para ele”.

Menos qualidade de vida, né? E qualidade não é roupa da moda, quarto decorado e viagem para Disney. Qualidade de vida é educação, valores, carinho, atenção, lição, exemplo, disciplina.

Custa você assumir as responsabilidades e consequências das suas decisões e bancá-las até o fim?

Os vulneráveis agradecem!

macacos-thumb

Anúncios

Wild & Free Spirit – Part 1

wild-1

Você sabe por que eu sempre faço a coisa correta perante as expectativas alheias?

Para que ninguém possa me controlar. 

Odeio ser manipulada. 

Não suporto que me digam o que vestir, sentir, falar ou, principalmente, o que não declarar. 

Faço a minha parte, para que não gastem energia se preocupando comigo, há muitos problemáticos com quem se preocupar. 

Você pode ter a minha atenção. 

Você pode ter a minha empatia. 

Você pode ter o meu respeito. 

Você pode até ter o meu corpo, os mais afortunados, o meu coração. 

Mas você NUNCA vai ter o meu espírito. 

Esse que corre de maneira selvagem os campos que deseja explorar.

Esse que grita a minha personalidade, mesmo quando tentam me calar. 

O meu espírito é livre. 

Livre de dogmas. 

Livre das algemas de uma sociedade hipócrita. 

Livre dos dos tolos, que, inocentes, tentam me ludibriar. 

Não há medo, covardia ou feitiço alheio que me pare. 

Essa megera, para uns, inspiração para outros, é indomável. 

Invencível. 

Irrefreável. 

Poucos são os que conseguem me acompanhar. 

Mas para mim não tem problema. 

Luto sozinha. 

Livre.

Sei muito bem como voar. 

Embora agora tenho uma nova companhia. 

Um novo espírito para eu proteger, um espírito que me guiará.

baby