Complicada & Perfeitinha

Na boa, mulher não quer cantada e jantar pago.
Não quer saber que é a inspiração da sua masturbação.
Ela não se importa de ser, embora prefira ouvir que você lembrou dela quando escutou uma canção.
Mulher quer mesmo é um colo para chorar quando o seu mundo desabar.
Quer um abraço forte que ampare e diga, “você consegue, vai lá!”.
Mulher quer conversa inteligente e respeito.
Quer carinho e liberdade para ser TUDO aquilo que ela sabe que é capaz de ser.
Mulher quer ser notada, desejada, mas por um olhar de admiração.
Pode até ser de tesão, mas aquele tesão de ter a mulher a qualquer custo, porque você sabe que precisa dela ao seu lado para ser mais.
Ao invés de ser um, serem dois, caminhando juntos, de braços dados.
Mulher quer sexo com intensidade, com vontade, com presença física e emocional.
Mulher quer sexo com vida, sincronicidade.
Não é fácil ser mulher em um mundo onde os homens se esforçam tanto para ter uma noite e nenhuma manhã no dia seguinte.
Mas não precisa ser tão difícil.
Você não precisa reduzi-la a uma boneca inflável.
Porque pode tratá-la melhor, muito melhor.
Pode ser de verdade, com intimidade, prazer e reciprocidade.
Comida japonesa de graça é boa.
Porém um “como você está?” verdadeiro, olhando nos olhos, se preocupando genuinamente, derrete qualquer coração.
É o momento, aquele momento que define tudo.
E geralmente é o segundo perdido.
Não valorizado.
Mulher quer mesmo é saber que pode fazer tudo por você, porque é uma via de mão dupla.
Na hora em que a sua intuição falhar, ela escorregar e quase cair, ela vai confiar que a sua mão está ali, pronta para lhe apoiar.
Mulher quer mesmo é Homem.
Homem com H.
Homem com pegada.
Aquela pegada na alma, que só um Homem que enxerga a mulher como um todo consegue ter.
Mulher quer mais. Muito mais.
E vamos combinar, ela está certa, tem que querer mesmo.
Tem que se amar em primeiro lugar.
Agora só falta uma coisa, HOMEM, você se conscientizar!

Quantos lados ela tem?

Young girl expression collection set

Eu tenho um lado doce e um lado ácido.

Tenho um lado calmo, e um que mais parece um tornado.

Tenho a fragilidade de uma flor, e a força de uma correnteza em um mar revolto.

Tenho um lado ansioso, e outro que aprendeu a esperar, deixar rolar.

Tenho um lado comunicativo e tenho um lado introspectivo, observadora.

Tenho um lado menina, e um lado mulher sedutora.

Tenho um lado brando, outro intenso.

Tenho o lado Jornalista, e o lado cantora de chuveiro.

Tenho um lado que ama e outro que odeia com todas as forças.

Tenho um lado carente e outro todo trabalhado no desapego.

Tenho um lado escritora, e outro lado apresentadora.

Tenho um lado que só ri, e outro que sempre chora.

Tenho um lado que se magoa, e outro que sempre perdoa.

Tenho um lado mãe, e um lado dançarina de baladas.

Tenho um lado louca, e outro centrada.

Tenho um lado brincalhona, e outro séria, focada.

Tenho um lado Lady e outro completamente desastrada.

Tenho um lado Nude, casual, e um outro lado Berry Strong, que chega chegando, causando um estrago.

É o lado menina do campo, se equilibrando com o lado empreendedora da minha própria vida.

Vários lados, mas a mesma e única, Andréia.